sábado, 5 de maio de 2012

Hiding in your eyes

Repetiria o título, as palavras, até mesmo as expressões. Se um dia eu esquecer a cena que meus olhos enxergaram, eu sei que o coração não esquecerá aquilo que eu senti. Por hoje já fiz tudo e não fiz nada, apesar da Lua estar próxima da Terra, não podia a enxergar, mas apenas sabia, talvez... talvez seja assim com outras coisas por enquanto, uma hora a serração some. Não está quente, mas depois de alguns dias frios, é bom agora sentir esse ar gelado fazendo cócegas na pele, causando arrepios (posso culpá-lo também por sentir meus olhos se encherem de lágrimas). Hoje sei o que reconheci naquele dia, o dia em que apenas sabia que tinha reconhecido algo, contudo não sabia o quê. Sinto algo bom ao escrever isso, mas por não fazer tanto sentido, talvez isso só gere algo bom em mim. Aqui, lá no fundo, ainda há muito para ser dito, e não consigo nem deixar com que passe despercebido, porque de certa a forma, o ar gelado, o brilho da lua, a melodia das músicas e, principalmente, o pensamento me faz lembrar... ia evitar escrever, pra que? sim, a frase fica perfeita se completarmos com "você". Desde lá e para sempre, dentro dos nossos olhos.

15 comentários:

  1. Creio que seu texto é uma catarse...

    ResponderExcluir
  2. Oii querida tudo bem? já estou te seguindo, e participa depois da promoção do meu blog, seja bem vinda.
    bjos.

    ResponderExcluir
  3. muito bonitinho, moça! só cuidado nos erros gramaticais. continue a escrever

    ResponderExcluir
  4. belo post.
    siga tbm

    www.vibedeitapetinga.com

    ResponderExcluir
  5. Gostei do blog. Parabéns. Já estou seguindo *--*
    Se quiser, depois dá uma conferida no meu blog.
    Beijos'
    http://daquioitentaanos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir