domingo, 1 de janeiro de 2012

"O homem é assombrado pela vastidão da eternidade. Então, perguntamos a nós mesmos: irão nossos atos ecoar através dos séculos? Muito tempo depois que tivermos partido, vão ouvir nossos nome, vão querer saber quem éramos, com que coragem lutamos, o quanto amamos intensamente?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário